EU SOU

Minha foto
São José dos Campos, SP, Brazil
“A vida é a descoberta de quem somos." contato: rosicleidedavid@ymail.com
Se até o SiLêNcIo guarda em si pAlAvRaS caladas. O que deve haver sem as palavras?

...Nos meus intervalos, eu passo por aqui...

Revelo a colheita do que plantei durante o dia,

Faço uma breve análise do que está em mim ou do que se passa ao meu redor,

Ou simplesmente deixo fragmentos de sonhos...

ATENÇÃO:


Os textos de minha autoria são protegidos pela lei n° 9.610 de 19-02-1998, “lei dos direitos autorais”.

Votem em Palavras Lapidam

domingo, 8 de julho de 2012

Abrindo os olhos

Eu abriria os olhos ao fechá-los
E veria além do véu entre eu e o outro.
Eu veria um mundo, que visito de vez em quando
Assim de leve, momentaneamente
Quando fito os olhos dele (a) e encontro alma.
Abrindo os olhos ao fechá-los
Iria além do véu das aparências
E o outro tornaria- se realmente o próximo
Porque ao encontrar alma, ao fitar os olhos dele (a)
Me encontraria também.
...
Mas, meus olhos entreabertos, nem sempre enxergam
A barreira que o véu nos impõe,
A sociedade grita!
E cala a voz interna de cada um.
...
No instante, em que por intervenção Divina
Posso fechá-los,
Ao abri-los verdadeiramente,
Enxergo no outro um pouco de Deus, um pouco de mim
E a semelhança que há entre nós nos torna próximos...
Ali, a existência se interage.



Rosicleide David

Nenhum comentário:

Postar um comentário