EU SOU

Minha foto
São José dos Campos, SP, Brazil
“A vida é a descoberta de quem somos." contato: rosicleidedavid@ymail.com
Se até o SiLêNcIo guarda em si pAlAvRaS caladas. O que deve haver sem as palavras?

...Nos meus intervalos, eu passo por aqui...

Revelo a colheita do que plantei durante o dia,

Faço uma breve análise do que está em mim ou do que se passa ao meu redor,

Ou simplesmente deixo fragmentos de sonhos...

ATENÇÃO:


Os textos de minha autoria são protegidos pela lei n° 9.610 de 19-02-1998, “lei dos direitos autorais”.

Votem em Palavras Lapidam

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

reflexão... acerca de Deus e o homem...


Uma vez na vida, uma vez que seja, nos perguntamos o porquê de algo estar nos acontecendo. Ou para ser mais clara, o porquê de Deus nos permitir passar por situação tão desafiadora. Antes eu me constrangia com esses pensamentos, achava que questionar a Deus significava desafiá- lo. Mas por incrível que pareça, hoje vejo que isto é fruto da minha confiança. Vejo que questionar meus sofrimentos, situações que me levam a sentir angústia e direcionar este coração contrito a Deus é me dar a oportunidade de reagir à situação. Dificilmente encontro respostas óbvias, talvez porque na maioria das vezes eu continue imaginando que por merecimento deveria ser a situação favorável. Enfim, em alguns momentos ao me perguntar, as respostas são os meus erros... não é preciso dizer que não esqueço mais a lição. Através desses questionamentos sempre chego a um mesmo caminho, ao caminho da superação.

O Deus que conheço não me castiga se eu levantar a minha face em um momento de sofrimento e dizer que acho que não mereço, pelo contrário, nesses momentos eu posso sentir o seu abraço... e com um abraço de Deus que explicação se faz necessária?
Nesses questionamentos sempre aprendemos, por vezes, de forma esclarecedora a vida nos aponta as respostas, em outras vezes, Deus em seus mistérios nos indica o caminho a seguir, nos direciona sem que nos demos conta.
É preciso passar por essas oscilações para que vivenciemos a experiência de conhecer a Deus. Esse Deus que é surpreendentemente infindo, de amor infindo. Quão misteriosamente doce encontrá- lo até nos momentos amargos de nossa vida.
Rosicleide David 02/ novembro/ 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário