EU SOU

Minha foto
São José dos Campos, SP, Brazil
“A vida é a descoberta de quem somos." contato: rosicleidedavid@ymail.com
Se até o SiLêNcIo guarda em si pAlAvRaS caladas. O que deve haver sem as palavras?

...Nos meus intervalos, eu passo por aqui...

Revelo a colheita do que plantei durante o dia,

Faço uma breve análise do que está em mim ou do que se passa ao meu redor,

Ou simplesmente deixo fragmentos de sonhos...

ATENÇÃO:


Os textos de minha autoria são protegidos pela lei n° 9.610 de 19-02-1998, “lei dos direitos autorais”.

Votem em Palavras Lapidam

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

VIAGEM II


Eu me despeço da vida


Todos os dias eu me despeço da vida.
Sim, vou me desprendendo do passado
E olhando tudo ao meu redor
Como se fosse a única vez
Não a primeira,
Mas talvez a última.
Abraço aos que eu amo
Como quem quer deixar algo de si
Como quem quer eternizar o seu amor.
E se fosse mesmo o meu último dia
Gostaria que estivesse escrito em minha lápide
“ Abracei aos que amei”.
E ali se resumiria tudo o que procurei na vida
Mesmo que por tantas, inúmeras, vezes tenha sido vã a tentativa
Quando foi possível ser amor
Valeu a pena.
Despeço- me da vida
Para que ela tenha sentido
E lembro- me a todo momento que os caminhos se cruzam,
Mas também se separam
Para que as demonstrações de carinho não fiquem para depois.
Despeço- me da vida todos os dias
Para valorizar cada instante
E lembrar- me do que é passageiro, do que não levarei
Lembrar- me que somos capazes de ferir por pouco
De ferir aos outros para desfrutar de algo
Que talvez não venhamos a ter por nem meio dia.
Todos os dias eu me despeço da vida
Para que o orgulho
O egoísmo
E a ambição
Não falem mais alto.
Despeço- me da vida
Para que discussões bobas não tenham grandes proporções
Porque quando se perde alguém
Se perde todos os motivos para não dar o braço a torcer.
Todos os dias eu me despeço da vida
Para que eu possa de fato vivê- la
Da melhor forma
Sendo o melhor que posso.
Porque quando não me despeço
Corro o risco de agir
Como se todo o mal que posso causar
Com atos individualistas
Possa ser revertido amanhã
E quando de fato é o amanhã?
Todos os dias eu me despeço da vida
Para que o amor que sinto aos meus
Fale mais alto que as nossas diferenças
Para cuidar melhor dos meus amores.
Sim, todos os dias eu me despeço da vida
Para que eu possa vivê- la.


Rosicleide David 11/ setembro/ 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário