EU SOU

Minha foto
São José dos Campos, SP, Brazil
“A vida é a descoberta de quem somos." contato: rosicleidedavid@ymail.com
Se até o SiLêNcIo guarda em si pAlAvRaS caladas. O que deve haver sem as palavras?

...Nos meus intervalos, eu passo por aqui...

Revelo a colheita do que plantei durante o dia,

Faço uma breve análise do que está em mim ou do que se passa ao meu redor,

Ou simplesmente deixo fragmentos de sonhos...

ATENÇÃO:


Os textos de minha autoria são protegidos pela lei n° 9.610 de 19-02-1998, “lei dos direitos autorais”.

Votem em Palavras Lapidam

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

OLHOS VERMELHOS


Olhos vermelhos

Meus olhos estão vermelhos
Já estiveram por lágrimas
Mas, agora não,
Estão vermelhos por ardência.
É o meu coração que está ardendo por dentro,
Arde por um amor
Que por vezes parece ser maior do que o próprio coração
E que o faria feliz
Se não fosse a sede
Uma sede que o desespera
Por se deparar em um tempo de seca.
Desejo tempo de chuva
Sair pela rua
E encharcar- me.
Porém, o tempo está indiferente ao meu amor
Não faz chuva
O tempo estagnou- se em uma temperatura indiferente.
Faz calor e passo sede
E o amor é como a semente
Que foi plantada em chão árido
Mesmo assim brotou
Como por milagre.
E que sobrevive a cada dia
Sofrendo o tempo da seca
Crescendo diante às condições adversas
Amor tomado pela esperança
De que um dia o tempo lhe favoreça
Que faça chuva
E não falte a água para a sede que se perpetua no amor.
Olhos vermelhos
Ardentes
Que se fechariam, entregando-se a um sono tranquilo
Ao ouvir o barulho da chuva
E sentir o cheiro da terra molhada
E um gesto de carinho regando o seu amor.


Rosicleide David 01/ outubro/ 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário